PESQUISAR NESTE BLOG


QUADRO DE LEITURA


O DESFECHO DA CAMINHADA DO SERVO FIEL

Por Josenilson Félix



Gênesis 24:27 “...estando no caminho, o Senhor me guiou à casa dos parentes de meu Senhor”.

Introdução:

A trajetória da caminhada empreendida por Eliezer é semelhante à dos servos do Senhor nos dias de hoje. Eliezer estava indo para uma longa caminhada, todavia Deus como Senhor de todas as coisas provera um desfecho maravilhoso e sublime, fazendo com que Eliezer encontrasse a moça da parentela de seu Senhor Abraão; alcançando assim, êxito na incumbência que lhe fora confiada.Os desfechos da trajetória de vida dos homens podem ser desastrosas ou maravilhosas, isso vai depende a quem o mesmo encarregou à direção da sua vida: se a ele mesmo ou ao Senhor. Os desfechos que o Senhor tem dado a história de vida daqueles que o serve e estão na sua dependência tem sido de bênçãos e de vitórias.

Desenvolvimento:

E disse: bendito seja o Senhor Deus –

 Aquele momento requeria glorificação, requeria louvor ao nome do Senhor. Porque o Senhor foi que proporcionou a Eliezer aquela benção. Meus irmãos, Deus tem proporcionado na caminhada inúmeras bênçãos a cada um de nós (trabalho, estudos, saúde, livramentos). Em cada benção alcançada brotar dos nossos lábios um louvor ao Senhor nosso Deus. O louvor de Eliezer era endereçado ao Senhor e não ao homem, porque só o Senhor é digno do nosso louvor e da nossa adoração.

Que não retirou do meu Senhor Abraão a sua benignidade e a sua verdade – Eliezer reconheceu a fidelidade de Deus àqueles que o Serve, um Deus que não desampara os seus, pelo contrário cuida; dando provas a cada dia do seu amor. Eliezer fala de duas coisas interessantes, ainda a respeito daquilo que o Senhor fizera a Abraão quando diz:

Não retirou a sua benignidade –

 Que benignidade é essa? A bondade de Deus revelada através da sua graça, de um favor que nenhum de nós merecemos, este favor consiste em Deus ter enviado Jesus para morrer em nosso lugar, nos dando a sua salvação.

E a sua verdade -

 Como se conduzir neste mundo sem a verdade? Como caminhar neste mundo de trevas sem a verdade? A igreja fiel tem a verdade que é Jesus em seu coração, por isso, a Igreja fiel caminha sem nenhum embaraço, porque a verdade (a palavra de Deus) é luz para o seu caminho e lâmpada para os seus pés.

Quanto a mim –

 Eliezer reconhecia tudo o que Deus fizera na vida de Abraão, Mas também aquilo que o Senhor fizera em sua própria vida. Agora era a sua experiência pessoal com Deus, agora era o próprio quem estava experimentando as bênçãos do Senhor. É maravilhoso testemunhamos daquilo que o Senhor tem feito na vida dos que estão a nossa volta, mas é indispensável que cada um possa testemunhar daquilo que o Senhor tem realizado em sua própria vida. A vida do homem com Deus sempre resultará em experiências profundas que consolidarão a fé em seu coração a cada novo dia.

Estando no caminho –

 O segredo para uma trajetória abençoada é estar no caminho, ou seja, estar em Jesus que é o caminho que nos leva a eternidade. Estar no caminho é andar na revelação, Estar no caminho é estar definido em servir ao Senhor.

O Senhor me guiou -

 A postura do servo do Senhor é deixar-se conduzir pelo seu Espírito Santo, entendendo que o Espirito Santo é o agente de união, que nos liga ao Senhor e a sua eternidade. Para que o homem possa ter esta direção em sua vida é preciso estar no caminho. Porque fora deste caminho que é Jesus o Espírito Santo não irá operar na vida do homem

A casa –

 O desejo do Senhor é conduzir o homem a um lar que é eterno; onde há paz, alegria, segurança, vida eterna. E para chegar à eternidade é preciso ter o governo e a direção do Espirito santo. Por que disso? Porque é o Espírito Santo quem revela ao homem o caminho e faz com que o mesmo permaneça neste caminho que um dia fora lhe revelado.

Dos parentes do meu Senhor –

 Encontrar está casa onde estavam reunidos os parentes do seu Senhor, trouxe a Eliezer uma alegria. Contudo está alegria tornou ainda maior quando o mesmo pode entrar nela e se juntar a todos estes que tinham uma identidade e laços profundos que os ligavam a Abraão. Nós aguardamos com ansiedade este momento especial em que entraremos na eternidade e como Igreja iremos nos unir a todos aqueles que são parentes do Senhor (estão identificados com o sangue do cordeiro), ou seja, que fazem parte da família do Senhor. Haverá na eternidade a grande reunião dos salvos em Jesus.

Conclusão:

A caminhada de Eliezer teve um desfecho, e esse desfecho fora dado pelo Senhor que conduzira a sua vida, porque ele estava no caminho. Você está no caminho? O Espírito Santo tem conduzido a sua vida? O senhor que dar um desfecho maravilho a vida do homem, esse desfecho é fazê-lo chegar à eternidade.

“... estando no caminho, o Senhor me guiou a casa dos parentes do meu Senhor”.

Diácono: Josenilson Félix
Palmeira dos Índios-AL