PESQUISAR NESTE BLOG


QUADRO DE LEITURA


UM GRITO NO MEIO DO ISLÃ

Por Marco Sousa

Isaias: 21:11-12 “Sentença contra Duma. Gritam-me de Seir: Guarda, a que hora estamos da noite? Guarda a que horas? 12 Respondeu o guarda: Vêm a manhã, e também a noite; se quereis perguntar, perguntai; voltai, vinde.”



Estamos no meio da noite, momento dos perigos noturnos, do clamor confuso, das mentes confusas que não sabem onde estão porque a luz se apagou. É um período de muito sofrimento para alguns, mas período de esperança para todos aqueles que são de Deus, afinal após o ápice da escuridão da meia noite as trevas serão dissipadas e não importa o que as mentes confusas pensem ou o que as vozes da noite gritem, um novo dia vai raiar rasgando o céu num rompante de glória, dissipando o medo e a escuridão!

Mas enquanto aquele maravilhoso dia não amanhece, os homens tombam, mas contemplam os seus exatores com o olhar firme e irredutível na sua decisão. Escolheram a Cristo e pagarão com a vida por esta escolha.

O seu cristianismo seria capaz disto?

Então não percamos tempo com ideias temporais, meramente humanas e filosóficas para se aplicar ao povo de DEUS... Precisamos anunciar a Cristo enquanto há tempo... QUEREMOS um evangelho puro e simples... Isto basta.

Quando servos de Cristo tombam com a cabeça erguida (olhar fixo, com dignidade), o discurso dos lideres religiosos, dos teólogos, dos supostos defensores / acusadores (falsos ou verdadeiros), semeadores de contendas entre irmãos, simplesmente vira sombra e perde totalmente a sua eficácia diante da verdadeira defesa do evangelho, feita por homens que verdadeiramente carregaram até o último dia da sua vida a marca de Cristo.

Quando o nosso evangelho for assim... conseguiremos usar a nossa liberdade (democracia, enquanto ela existe) e Deus vai meter fogo no arraial !!! (pentecoste!!!).


MARANATA! JESUS VEM!

Que Deus nos Abençoe!
Marco